quinta-feira, 19 de julho de 2018

O que são fantasmas?

Ando aqui numa maratona de leituras para acabar um artigo e a estas belas horas saiu-me esta bela pérola, salvo erro, de Salmon Rushdie... com direito a resposta: coisas inacabadas. Estou a citar de cor por isso pode ser que seja ligeiramente parecido ao que acabei de escrever. Seja o que for, faz todo o sentido, não só para o meu artigo, mas também para a minha vida em geral, a conclusão do autor do texto (que não Rushdie), as coisas têm de ter uma boa morte e serem bem enterradas para não darem azo a rastos fantasmagóricos. 

3 comentários:

Boop disse...

Apoiado!

Ana A. disse...

Aprendi isso da pior forma...

Calíope disse...

Deixar pontas soltas e portas abertas às vezes não é nada saudável...