segunda-feira, 4 de junho de 2018

Como é que se mede o sucesso?

(ou a falta dele)

- Na comparação directa com os nossos pares actuais?
- Na comparação directa com os nossos pares passados?
- Pela situação familiar?
- Pela situação profissional?
- Pela conta do banco?
- Pelo tamanho do cv?
- Pelas posses?
- Pelas viagens de lazer/férias?
- Pela qualidade de vida (whatever that means)?
- Pela satisfação pessoal?
- Pela opinião alheia?
- Pelo espelho?

Samuel Djive, Caminho para a paz

8 comentários:

Boop disse...

(Parece que ninguém se atreve a ensaiar uma resposta....)

Ana A. disse...

Li um texto brutal sobre isso. Vou procurar e enviar-te!

Calíope disse...

(Desculpem lá o atraso das respostas, mas sem receber as notificações nunca sei quando tenho comentários).

Boop: Isto fui eu a pensar alto (ou por escrito). Eu sei por onde meço o meu, mas as questões que lancei aqui foi noutro sentido. Em que medida aplico as minhas medidas a outrém e por isso não os tomo como bem-sucedidos (por não se enquadrarem numa medida talhada para mim!). É um raciocínio meio sinuoso e parece-me bastante injusto até...

Ana: Manda!

Boop disse...

Percebi-te!
:)

(se subscreveres os teus próprios comentários acabas por os receberes... - coisa que eu própria nunca faço)

Calíope disse...

Passei a fazer isso, mas é preciso que alguém comente primeiro, não é?

Boop disse...

Não....

Calíope disse...

Não?! Então onde é que se faz isso?

Boop disse...

Então...
Na caixa onde tu própria podes comentar, em baixo de "Caliiope" deve estar qq do género: "enviar novos comentários para mariacaliope@naoseioque.at" - é só clicares no quadradinho (mesmo sem comentares)

Pelo menos no meu é assim