sábado, 12 de maio de 2018

Pseudo-atlas

Não é aquela altura do ano em que me sinto Atlas, mas que acuso alguma falta de tempo, isso sim... Caso contrário, não ligaria uma máquina de roupa já passado da meia-noite. Na verdade, isso é só a ponta do icebergue. A agenda de fim-de-semana está mais concorrida do que nunca: aulas para dar, aulas para assistir, aulas para preparar, entrevista para dar, compras, teatro, festa de anos, ser anfitriã de um colega, fazer uma mala... e com sorte também consigo comer e dormir. Agora é que me dava jeito um secretário/mordomo (mas daqueles que sabem dançar para o explorar nos tempos livres também)! 

Sem comentários: