segunda-feira, 7 de maio de 2018

Prenda para a mãe

Acho que nunca dei muita importância ao dia da mãe, também nunca me esqueci dele e sempre liguei à minha mãe, mas nunca lhe prestei grande atenção (ao dia, não à mãe). Nos últimos anos tenho sido mais cuidadosa com a data, por motivos óbvios. No ano passado mandei-lhe fotografias magnéticas nossas (com a minha sobrinha, o meu pai e a minha irmã) e este ano resolvi ser mais criativa e mandei-lhe um livro. Fiquei mesmo contente quando ela se riu como uma perdida quando o abriu e viu o que era: Os vivos, os mortos e o peixe frito do Ondjaki. Fiquei mesmo contente por ela ter gostado da surpresa e por ver a minha mãe a rir com gosto como antes. Quando parou de rir disse:

"Olha, Calíope, pronto, agora vou desligar para poder ler o livro ainda hoje à noite!"

:)

2 comentários:

Boop disse...

:)
E eu que ainda não encontrei o livro!!!
(Volta e meia procuro-o por sugestão tua)
Vai ser na feira do livro!!!

Calíope disse...

Eu encomendei-o numa promoção da Leya ou da Wook, já não sei...