quinta-feira, 19 de abril de 2018

Bedtime stories

No momento em que ontem decidi ouvir o relato do Sporting - Porto, foram uns 30 segundos antes de o Sporting ter marcado e empatado a eliminatória. Achei que era um bom prenúncio e por isso decidi continuar a ouvir o jogo, não negando assim o meu papel de amuleto para a minha equipa. Se o Sportingzinho-lindo nunca me falha, eu também não lhe poderia falhar! E lá fui ouvindo o jogo e vendo o tempo passar. 
Termina o jogo, eliminatória empatada, prolongamento. Já eram umas 23:30 por estas bandas, o que não seria problema se no dia seguinte - hoje - eu não tivesse de acordar às 6:20. No entanto, resolvi ser supersticiosa e continuar a ser a estrelinha do Sporting! Fui eu e a trave da baliza... acho que foram 3 bolas seguidas ao ferro. Na segunda parte do prolongamento, eu já estava mais para lá do que para cá e resolvi levar o computador para a cama para continuar a ouvir o relato enquanto ia adormecendo. Devo ter adormecido, pois quando voltei a ouvir o relato já ia nas grandes penalidades.  À segunda ou terceira que efectivamente ouvi, o Sporting ganhou o jogo e eu fiquei contente de ter cumprido o meu papel e limitei-me a fechar os olhos. Continuei a ouvir - ou talvez não - os comentadores? as flash-interviews? a conferência de imprensa? que se seguiu. Eram duas da manhã quando me levantei para desligar o rádio e apagar a luz.

3 comentários:

Mafalda Oliveira disse...

Que grande amuleto! Sim senhora. Se eles sabem contratam-te 😄

Boop disse...

Fizeste o teu papel!
Muito bem!
Agradecida pela tua contribuição!
:)

Calíope disse...

Mafalda: Com todo o gosto! Até faço uma atençãozinha no preço :DDDDDD

Boop: De nada! Sempre às ordens!