sexta-feira, 23 de março de 2018

Vizinhança portuguesa

Acabei de chegar a casa e na entrada cruzei-me com uma vizinha que deve morar cá há mais tempo do que eu - mais de uma década -. Talvez viva com a mãe, pelo menos, pela cor do cabelo, pois na minha lista mental de vizinhos, elas são as "mãe e filha de cabelo vermelho". Nunca trocámos mais do que um "Gruss Gott" em andamento. Hoje ela entrou no prédio a seguir a mim e disse-me em português "Eu não sabia que era portuguesa! Ouvi-a a falar português no outro dia lá fora..."
Como é que é possível ter uma vizinha portuguesa e eu não sabia?
Realmente a vida é muito engraçada!

Sem comentários: