sábado, 22 de julho de 2017

Mala feita

Eu achava que em meia hora - vá uma hora no máximo - conseguia despachar a mala (e ainda ia acabar de ver a minha comunicação, lavava a loiça, pintava as unhas, etc...)
Três horas depois, acho que terminei de fazer a mala, sem a certeza de ter posto tudo o que vou precisar. Comunicação, louça e unhas ficam para amanhã...

Isto tudo serve também de semi-aviso ao querido leitor, uma vez que só agora estou a fechar a mala, não há, desta feita, Pés no Chão (nem haikai, nem florzinhas silvestres, ...) durante as minhas voltas. Conto ir dando notícias, mas nunca se sabe o que nos espera ao virar de cada esquina.


Sem comentários: