domingo, 23 de julho de 2017

Em trânsito

- Dois dedos de conversa com os meus colegas de fila nas primeiras e nas últimas horas do voo. Pelo meio houve tempo para três filmes, um documentário, musiquinha e largas horas de sono.
- Entre o avião e o barco, houve tempo suficiente para conhecer gente.
- À entrada para o barco, um tugo-local meteu conversa connosco e eu acabei por ir em amena cavaqueira com ele o percurso todo, conseguindo dicas para a viagem.
- Chegada a Macau: "Olá! A tua cara não me é nada estranha... Não estiveste cá há 5 anos?"

Tudo isto pontuado com tempestades no centro da Europa que me atrasou a partida de Viena, um espectáculo de relâmpagos ao vivo da janela do avião em Zurique que me valeu mais de uma hora de atraso, um aviso de tufão em Hong Kong que fez o ferry ir mais devagarinho...

Macau, à 01:29

1 comentário:

Boop disse...

Nunca estive nessas partes do mundo...
Gostava!