sexta-feira, 30 de junho de 2017

Z de Croácia

Estive na Croácia na segunda semana de Maio... só agora chegam as fotos. Faz de conta que as pus a revelar e não tive tempo para ir buscá-las.

 Zadar, foi o motivo da minha visita. Fui convidada para lá ir dar aulas e não tenho por hábito recusar convites.
Cheguei a Zadar com este céu azul e só isto já me convenceria, depois vi mar - coisa que já não acontecia há meses - e por fim fui dar aulas numa universidade que tinha precisamente esta vista (atrás da estátua é a Universidade).

Disponibilizei-me para lá voltar as vezes que quisessem, claro!
Esta é uma zona de paineis solares (acho eu) onde há também (não se vê na foto) o famoso órgão marinho.
  Depois chegou Zagreb, onde eu tinha assentado arraiais. Ainda não desta vez que consegui ir ao Museu de Arte (ao lado, mas fora da fotografia) nem a este teatro.

Em compensação esta estátua (Ciclo da Vida) de um artista croata foi providencial para o desenrolar da minha vida duas semanas depois, quando me cruzei novamente com ela em Paris, na Exposição do Rodin.








Mais providencial que a estátua, só esta barraquinha de morangos. Hão-de passar-se mil anos, mas eu não me hei-de esquecer do dia em que ofereci morangos a um desconhecido.
 Seis horas depois de ter tirado esta foto, eu ainda estava nesse mesmo sítio e chovia copiosamente. Lembro-me perfeitamente das ruas espelhadas e brilhantes e de todo um manto de luzes sobre a cidade. Eu fui-me embora pouco depois e devo ter feito a proeza de ter contornado os pingos da chuva (é mentira porque cheguei a casa encharcada) pois mal me lembro de estar a chover!

2 comentários:

Boop disse...

UAU!!!
Que azuis!!!

Calíope disse...

É fabuloso mesmo e teve ainda mais impacto porque no dia anterior chovia, estava frio e cinzentão em Zagreb (em Viena então, nem se fala).