segunda-feira, 26 de junho de 2017

Se calhar endoideci II

Parece-me agora ridículo o post de há 3 meses onde eu duvidava da minha sanidade mental por ter comprado bilhetes para ir ver o Nelson Freitas... a Paris! E nem sei porque associei o louco, o amante e o poeta... é que nem uma das três personagens, quanto mais todas.
Bom, agora sim, tenho razões para duvidar do meu estado, pior, tenho motivos para pensar se a estratégia que resolvi traçar será a mais adequada. Sim, agora tanto o poeta, o amante como o louco fazem sentido e povoam a minha alma. Todos com o mesmo peso, todos na mesma proporção.
Se não reunirmos o nosso vigor, concentrarmos o nosso ânimo e convocarmos as nossas forças para correr atrás daquilo que nos faz pulsar, vamos correr atrás de quê? Pesos mortos?!
Posso até estar a meter os pés pelas mãos, posso até estar a dar um salto no escuro, posso estar errada, o tiro poderá até sair-me pela culatra... mas eu acredito em unicórnios e enquanto acreditar que sou capaz de mover montanhas e vir luzes no fundo do túnel, não consigo dizer "desisto".



3 comentários:

Boop disse...

Que los hay, los hay!

https://wildfor.life/pt/species/rinoceronte

:)

Calíope disse...

O rinoceronte é primo do unicórnio? :O

Boop disse...

Bem....
É um bicho...
.... com um único corno...

;)