domingo, 11 de junho de 2017

A vida resolve-se por si mesma

Ultimamente tenho batido imenso na tecla do what goes around comes around em diferentes níveis. Não é nada de novo nesta casa, não é nada de novo nesta cabeça, mas nos últimos tempos o alinhamento cósmico tem-me feito pensar bastante nesses termos. Ainda há umas semanas falava-vos do jogo das cobras e das escadas... Hoje apercebi-me de outra conjugação improvável que me faz matar dois coelhos numa cajadada só: ando em negociaçoes para uma estadia de Erasmus na Escandinávia e assim de repente quem é que lá vai estar na mesma altura? John Legend, o próprio! :)  Eu rejubilei, pois já estava atenta ao calendário de concertos há meses e a magicar onde é que seria mais prático ir vê-lo (isto parece tarefa recorrente e desta feita parece que Viena não consta do cartaz). E assim, zack, junto trabalho a lazer!

Estou muito grata. Mesmo! E é por estas e outras que penso que alguma coisa bem ando a fazer na vida!

Vamos ver se as outras pontas soltas se resolvem por si também! Continuamos todos a fazer figas, não é querido leitor?

Sem comentários: