sexta-feira, 19 de maio de 2017

348º momento cultural: Kizomba Passion Zagreb

Acredito em reciprocidade. Recebemos aquilo que damos, deitamo-nos na cama que fizemos, what goes around comes around, ao sorrir para a vida ela devolve-nos o sorriso e essas pessegadas todas. Chamem-me de naïve (que também sou) mas para mim isto faz algum sentido. (Podia ter dado para fumar ou consumir drogas, teria sido bem pior, certo?)
Depois de ter sido convidada a dar aulas na Croácia, apercebi-me da existência de um evento que dava pelo nome deste momento cultural. Não sei como esta informação chegou a mim e muito menos no que é que consistiria, mas como o calendário das aulas era compatível e eu tenho a flexibilidade de uma ginasta chinesa, resolvi que ia lá ver o que era!
Para variar não encontrei ninguém interessado em ir comigo, mas isso não era sequer novidade e não me fez desviar do meu plano: ir dançar kizombas com quem sabe! Comprei o bilhete, marquei o alojamento e let's go!
Fiquei bem agradada por saber que havia taxi dancers, apesar de desconhecer a dinâmica dos mesmos. Foram precisos 10 minutos para saber como funcionava. Como costuma haver mais mulheres que homens nestes eventos, a organização contrata dançarinos (taxis) que têm como função dançar com quem não tem par. Era perfeito para mim e eu dancei com vários.

Apareceu-me um taxi e eu, como já tinha visto que toda a gente dançava imensamente bem, resolvi adoptar a estratégia "eu não sei dançar".
- Let's dance! (foi só o gesto)
- Sure!
 2 passos depois e eu
- I don't know to dance kizomba
- No problem...  e ele diz qualquer coisa que eu não entendi e não sei porque é que achei que era croata.
- I am sorry I don't speak Croatian. I am not Croatian.
- Ah! Nor do I... I am Portuguese!
- A sério?!! Eu também!
- Mas sou do Luxemburgo.
- Ah! Eu vivo na Áustria!

Pronto, depois deste pontapé-de-saída eu podia ter a certeza que a noite ia ser muito divertida, mas na altura nem sabia o que para ali vinha. Estive uma hora nos táxis e depois fui para um workshop para iniciantes. Fui a primeira... o tipo do staff fez a piada que talvez fosse ter uma aula privada ao que eu respondi que eu estaria precisada. Demorou a começar, mas começou comigo e três gajos... ou seja eu tinha sempre par! O workshop acabou por ser apenas 30 minutos, mas deu para aprender dois ou três passos. Eu até sou rápida a aprender é preciso é que me expliquem... a conversa do "deixa-te levar" comigo raramente pega!
Terminado o workshop eu resolvi ir estrategicamente ao meu hotel comer qualquer coisa e descansar um bocadito, pois ainda eram 9 da noite e a festa a sério só começaria às 10. Foi uma grande decisão, mas depois o meu modus operandi austríaco veio ao de cima. Então se a festa começava às 22:00, eu fui para lá às 21:50. Nem me ocorreu que aquilo era festa africana em que 22:00 não é exactamente 22:00... Resumindo, cheguei lá e estava o staff a organizar as coisas. Voltei a ser a primeira e voltei a cruzar-me casualmente com o tipo que me tinha dito que era a primeira a chegar ao workshop! Eu não ia voltar para o hotel, isso estava claro. Circulei pelos vários espaços e acabei por assentar arraiais ao lado do tipo do staff que estava na ingrata tarefa de desfolhar caules de hortelã (que nooojoooooo), mas era a única pessoa disponível para conversar comigo e eu não queria ficar ali plantada pegada ao telemóvel.
Às tantas já eram 23:50 e já tinham chegado mais pessoas e eu voltei a ir circular pelas salas de dança. Apercebi-me que havia um dress code: white wonderland. Chato eu ter ido de preto! Estive até às duas a dançar com táxis ou quem estivesse disponível e na verdade mal parei de dançar. Tenho tanto para aprender!
 Até que voltei a ver tipo do staff que entretanto já estava off-duty. Enquanto conversávamos naquele longo intervalo, eu tinha-lhe dito que iria dançar com ele antes de ele se transformar em abóbora e foi o que fiz.
Conclusão: tenho de ver quando é a próxima festa de kizomba! 

2 comentários:

Boop disse...

Muito bem!
Boas aventuras! :)
(Eu sou um pé de chumbo!)

Calíope disse...

Bem boas! :)