quinta-feira, 20 de abril de 2017

Vambora

Emalei a minha sobrinha e ela parece que gostou de habitar a minha mala. Ela não sabe que eu sou a tia preferida dela, caso contrário não teria berrado, quando tentei pegar nela. Deve ter sido estranho ver-me a 3D. Ao fim de uma semana, já éramos quase best buddies, quase pois fui preterida diante dos meus primos e tio. Eles têm barba. Deve ser isso. (ou então usam Axe bebés). Eu cortei franja, mas não surtiu efeito. Enfim, passei uma semana a ameaçar que a deserdava e ela não fez caso. Não percebeu o que estava em jogo. Ofereci-lhe uns sapatos e ela quase os comeu. Óptimo! No último dia comecei o processo de africanização e ela reagiu muito bem!

Há mais daqui a uns meses. Agora voltei à vida real sem choros repentinos e desesperantes! A TAP pôs este vambora à chegada a Viena e é isso mesmo! O caminho é para a frente!

4 comentários:

Francis disse...

Carreguei no vambora e assutei-me. Credo que canhota.

Calíope disse...

Mas ela não era super popular/queridinha em Portugal?

Francis disse...

Não sei nem quero saber

Calíope disse...

Vá de retro! Bate na boca e vai já te benzer! :DDDD