sábado, 1 de abril de 2017

From Paris with quelque chose


Maria Calíope manda uma mensagem a fazer conversa, referindo que viu o filme que o seu interlocutor vira na semana anterior. Passadas umas horas, o interlocutor liga-lhe (!) surpreendemente para fazer crítica de cinema (!!) (a sério?! é que estou mesmo a imaginar o gajo com uma rencensão crítica preparada e pronta a debitar só à espera de que eu dissesse que tinha visto o filme!). Vale a pena ter em consideração que nunca tínhamos falado ao telefone, mas artes parecem-me sempre um motivo louvável para o que quer que seja. Agora pensando bem, em 5 - 10 minutos conseguimos falar de cinema, teatro e música. Também falámos do tempo claro! 

Parece-me muito bem lançado. Por isso, podemos deduzir que o espírito dos últimos meses continua em Abril.


Sem comentários: