sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Vida de luxo

Este título surge normalmente relacionado com as minhas idas estivais ao Danúbio e do quão maravilhoso é poder ir a banhos em praias fluviais. No entanto, lembrei-me ontem da vida de luxo que tenho quando depois de chegar de Lisboa e ter tido a ideia providencial de ir a umas massagens (onde fui literalmente surrada), julguei que o melhor era não perder o balanço e ir correr. E fui. Ao sair de casa pouco antes de anoitecer, a temperatura era quente, mas agradável e havia banda sonora! Um homem a tocar "We are the world" em saxofone na esquina da minha rua. Podia ser Nova Iorque, podia ser um filme, mas era a minha rua, é a minha vida! Um luxo só vos digo. Em Nova Iorque ao ouvir saxofonistas (ou músicos de rua) achava que estava em pleno filme de Woody Allen, mas aqui pronta a correr com banda sonora tive aquela sensação de quando faço o Danúbio de margem a margem: Que luxo que é a minha vida!

Sem comentários: