terça-feira, 28 de junho de 2016

312º momento cultural - Chagall to Malevich, the Russians Avant-gardes

Não sou grande fã de pintura russa, mas uma amiga minha queria há que tempos ver esta exposição e lá fomos nós vê-la no último dia. Nós e um décimo da cidade...
Bom, logo no início, o filho da minha amiga queria fazer tudo menos ir ver uma exposição e de repente deu-se um milagre! O espírito santo baixou em mim, eu baixei-me até à altura da criança de 5 anos, estendi-lhe a mão e perguntei se não queria ir ver comigo uns quadros muito giros! Ele miraculosamente veio! Fomos para o fim da sala para a frente de um quadro que não tinha muito público (um daqueles cubistas) e eu perguntei-lhe o que é que ele via, dizendo-lhe eu de seguida o que eu própria via. E assim fomos vendo quadro após quadro: se havia animais, o que as pessoas estavam a fazer, se era campo ou cidade, etc, etc. De repente a criancinha andou comigo 3 ou 4 salas, sem se lembrar que tinha pai nem mãe. Ok, da segunda para a terceira sala, ele olhou para trás e eu disse que os pais já vinham porque demoravam mais tempo. À quinta sala ele disse que queria voltar para trás e eu entreguei-o aos pais, completamente deliciados por aquela meia hora, sem filho, e simultaneamente incrédulos com o meu super truque! Eu e a criança não somos amigos, certo? Bom, devolvida a criança, eu voltei ao início da exposição e lá estive a ver com mais atenção os quadros de que mais gostava... que obviamente não eram especialmente interessantes para a criança.
Pawel Filonow, War with Germany

Malevich, Red Cavalry

Sem comentários: