segunda-feira, 16 de maio de 2016

Sportingzinho-lindo-da-minha-vida


Acho que o Sporting deveria, poderia e teria merecido (mais do que nunca) o campeonato, mas faltaram dois pontos. São as regras do jogo. Nada a fazer. Torci nas últimas dez (?) semanas que o Benfica escorregasse e o Sporting conseguisse ultrapassá-lo. Achei que seria possível chegarmos ao título e acreditava mesmo, mesmo vendo as jornadas a passar. Não aconteceu. Não me interessa muito as picardias fora do campo e acho as acusações a arbitragens cansativas. Não gosto de provocações, não gosto de provocadores, menos ainda de quem acha que tem o rei na barriga. Jorge Jesus fez o Sporting jogar, mas não tem perfil para mind games. Chato para ele que agora terá de os engolir a todos. Confesso que admiro o Rui Vitória pela postura que teve e se alguém mereceu aquele título foi ele. Fico contente por ele (e antes ainda pelo meu pai mesmo tendo proferido a maravilhosa frase O Sporting até poderia ter ganho 100-0).
Longe vai o tempo em que o futebol me condicionava a vida :)

Sem comentários: