domingo, 3 de abril de 2016

Remember London?

Apesar de acabar de ter vindo de Portugal, sei que ainda vos faltava mostrar algumas fotos de Londres da semana anterior. Por isso isto hoje vai em atacado, tentando redimir-me da componente artístico-cultural que tem faltado a este blogue.










 A caminho de Cadmen Market, qualquer uma das lojas ao longo da rua mereciam ser fotografadas, eu escolhi esta pelo lagarto!

Durante um ano da faculdade, eu andava com as minhas tralhas dentro de um saco com este Seurat em vez de uma mala ou mochila. Aqui o original na National Gallery.


 Eu acho que era Banski, mas a minha companheira de viagem não me soube esclarecer. Obviamente não seriam originais, mas eu fiquei tão contente de atravessar uma rua e dar com eles. Gosto muito destes os dois. Consigo rever-me em ambos!
 
Eu não conhecia o Royal Albert Hall - ao vivo - e ao deparar-me com este edifício fiquei com imensa vontade de assistir a um concerto lá dentro. Não sei se é da cor ou do formato, pode ser outra coisa qualquer, mas olho para ele e lembro-me de Shakespeare!!! Hei-de passar a estar atenta à programação!






Mais uma volta e mais surpresas! O Victoria and Albert Museum é completamente imperdível. Adorei e poderia ter passado mais três dias lá dentro. E ao dobrar uma esquina, dou de caras com David... este tipo anda a perseguir-me (lembram-se de Montevideo ou Copenhaga, além do de Florença?)



E depois este estonteante escravo em agonia. Não me recordo do nome em rigor, Escravo Agonizante, talvez. Não sei se na escola ou na faculdade que me cruzei com ele e foi logo eleito para capa de um trabalho meu, alguns anos mais tarde vi o original no Louvre e trouxe um postal do mesmo que até hoje se encontra no meu antigo quarto em Lisboa. E agora aqui assim este encontro imediato! Às vezes acho que não mereço tanto, mas depois acho que sim!

Sem comentários: