segunda-feira, 7 de março de 2016

Freak magnet XXVII

Maria Calíope saiu com o candidato a tanguero e o tipo tinha melhor aspecto do que o que ela imaginara (mesmo tendo Maria Calíope imaginado um tipo velho, careca e barrigudo, é bom quando a realidade nos surpreende pela positiva), a conversa correu bem e ele não só pagou a conta, como abriu portas, cedeu passagem e até agarrou-lhe o casaco para a ajudar a vestir-se. Ainda precisa correr muito para Fred Astaire, mas o que lhe causou algum transtorno foi o facto de ele ter o olhar de um psicopata (!) - não que conheça algum - mas fez-lhe lembrar o morto, enterrado e se Deus quiser, a arder eternamente no inferno, Valete.

Não me parece um bom prenúncio.

Em compensação, na aula de tango, Maria Calíope descobriu que um dos outros colegas é ladrilhador, canalizador, trolha (mesmo!), dando-lhe (ele a mim) um cartãozinho de visita. Dá sempre jeito, ter estes contactos!

Sem comentários: