domingo, 13 de março de 2016

288º momento cultural: Hail, Caesar!



Acho que estou há umas quatro semanas para ver este filme e depois de conseguir um dos últimos lugares de uma sala lotada num sábado de noite e de ver efectivamente o filme pergunto-me, porquê? Supostamente é uma sátira aos filmes americanos da década de 50, sendo eles westerns, romanos, de inspiração bíblica, etc. Mas muito mais do que isso não é. Sabia que estava lá o Clooney, mas quem me surpreendeu mesmo foi o aparecimento do Ralf Fiennes e do que gostei mais foi da cena dos marinheiros a fazer sapateado no bar. Se o filme valeu a pena? Hmm, acho que não, mas valeu por me fazer sair de casa.

Sem comentários: