segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Grande finale



Sair do escritório às 16:30 com um sol de 30 e tal graus e seguir para banhos no rio já seria um luxo. Fazer isto tudo com amigos é impagável.
Talvez tenham sido as últimas braçadas do ano a céu aberto, mas que este foi um grande Verão, isso foi. Believe it or not, faço isto (desta margem à outra e regresso) em menos de 20 minutos!

E assim termina Agosto!

domingo, 30 de agosto de 2015

Dias na província


Ontem foi o passeio pelos antigos terrenos do Império Austro-Húngado e hoje foi uma ida à província do presente território austríaco para ajudar numa mudança de casa.

É engraçado quando nos prestamos a fazer na casa dos outros o que não fazemos na nossa própria casa! Mas sermos amigos também é isto! E temos de ser uns para os outros!

(No fim do dia ainda consegui desdobrar-me e ir a correr dar um mergulho no Dabúnio e secar-me ao pôr-do-sol que me soube pela vida)

sábado, 29 de agosto de 2015

Rescaldo de um almoço em Němčičky








É importante saber estar triste



Porquê?
Para quê?



É que isto de não estar bem em lado nenhum e só querer estar onde não se está é muita variação....

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Não arranca?

Quando uma pessoa é iletrada pode ter 20 STOPS à frente que continua a andar... a minha relação com informática e afins é sensivelmente assim. Tento não ir a sites manhosos, não fazer downloads de cenas macacas, mas quando uma pessoa é cegueta alguma vez há-de pôr a pata na poça. E foi ontem... sem querer e sem prestar muita atenção fiz a actualização do meu anti-vírus e de repente deixou tudo de funcionar... as janelas abertas não respondiam, o computador dizia que não tinha rede, janelas novas não abriam... um desespero sem fim que um liga/desliga/reinicia/muda de cabos/espera/não espera/força encerramento e volta tudo ao início não melhorou.
Voltei a recorrer aos serviços da equipa do naoarranca.com - e mais uma vez foram fantásticos, pacientes, rápidos e eficientes! Devo dizer que deve ser chato ter de lidar com pessoas iletradas como eu que fazem perguntas parvas e precisam de desenhos e assim para perceber as coisas, mas o tipo que me atendeu deve ter paciência de Jó. Mil obrigados!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Novidades estivais

Ainda bem que eu despachei a tese e acordei para a vida! Então este é que é o Marc Jacobs e ninguém me dizia nada?!!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Tanguero com extras

De repente um professor de tango, cujo nome se encontra no cruzamento da pequena sereia com um detergente de roupa embrulhado em apelido russo, disponibiliza-me aulas individuais ao preço de um curso inteiro na Velha Europa... Bom, eu já sei que o pessoal do terceiro mundo (Argentina é terceiro mundo?) acha que qualquer pessoa europeia é milionária (e um Dr.phil. é logo com mais três zeros na conta) mas quer dizer, se calhar está a tentar impingir-me serviços extra, terminando em happy ending e eu é que não percebi.

E se fosse roubar para a estrada?

Estou a ver que vou ter de encher os ouvidos de cera para nem sequer ouvir a canção do malandro lá no hemisfério sul!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

A vida assim-assim

O mundo dos bons sempre bons e dos maus muito maus nunca saiu dos desenhos animados. A vida real pauta-se por muito mais constelações onde há uns maus que nos dão jeito e uns bons que nos causam algumas mossas.
Na minha "nova" vida, ando a tentar minorar corrosões internas e nessa medida livrar-me daquelas coisas/situações/pessoas que me consomem mais nervos do que o proveito que me concedem. Se o optimista consegue pegar nestes benefícios mínimos e hiperbolizá-los, o pessimista pensa que as coisas poderiam ser bem piores se nem sequer proveito houvesse. Eu sou capaz de vestir os dois trajes em simultâneo. E a vida assim-assim, enquadrando-se naquele marasmo que eu sempre detestei, do encolher de ombros rodeado de queixas constantes que não levam a lado nenhum, vai ganhando forma.
Se há 2 semanas arredei da minha vida a pessoa mais interessante que conheci nos últimos 4 anos, hoje pela segunda vez na vida pedi a demissão de um emprego.
A vida tem de ser o que a gente quer dela e não o contrário... e cada um é a personagem principal da sua e pelo menos eu estou a esforçar-me para ninguém ficar com o protagonismo da minha.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

domingo, 23 de agosto de 2015

Arrumações



Não sei se gosto mais de encontrar roupa cuja existência eu desconhecia no meu armário ou daquelas peças que jazem lá já há anos ainda com as etiquetas...
Desta vez foram só 2 sacos de camisas, t-shirts, tops e outras tantas blusinhas: a minha empregada vai regojizar-se com certeza com o bónus!

Empatia



Quando o café serve de pretexto para uma conversa (muitas conversas?) de 3 horas com fluxos de palavras constantes de parte a parte que parecem infindáveis!

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

255º - 259º momentos culturais (apanhado multidisciplinar)

255º Lar doce lar
Fui ao teatro quando estive em Lisboa. A minha irmã escolheu uma peça para rir com a Maria Rueff e o Joaquim Monchique. Eu fui sem saber bem ao que ia. A peça retratava a vida de duas velhotas num lar com todas as suas recordações, manias, maleitas a par de uma série de gente à sua volta (que eram interpretados pelos mesmos). Apesar de algumas piadas serem um bocado previsíveis, houve partes bastante engraçadas. A única coisa que não gosto no Auditório dos Oceanos é que nas peças de teatros recorrem a microfones e altifalantes e isso causa-me alguma confusão, é como se adulterassem o espírito da coisa.

256º Taxi Teheran
De volta a Viena e de volta ao cinema. Taxi Teheran foi muito aplaudido pela crítica e muito criticado no Irão. Salvo erro o realizador sofreu algumas represálias pela sua obra. A ideia é gira, o próprio realizador faz de taxista e filma uma série de personagens (reais?) que entram no seu táxi e conversam consigo. São pequenas cenas de vidas muito diferentes. Mas confesso que a páginas tantas adormeci um bocadito, mas não perdi o fio à meada. Achei o fim muito bem conseguido.

258º While we're young
O que me chamou a atenção para este filme foi o facto do seu realizador Noah Baumbach ser considerado (por quem?) o novo Woody Allen. O filme foi construído e desconstruído de forma engraçada e eu adoro o Ben Stiller desde a vida secreta de Walter Mitty, portanto não tinha como não gostar. No entanto, passei o filme todo a querer dar dois pares de estalos ao outro wanna-be-hipster qualquer coisa, mas vá lá não adormeci!

259º A Rainha Ginga
Como viram  na semana passada eu andava a ler a Rainha Ginga do José Eduardo Agualusa... pois, grande golpe de marketing, sr. Agualusa! O livro chama-se Rainha Ginga como poderia chamar-se Princesa Mocambo, Príncipe Ingo ou ainda Muxima vira Inês Mendonça... Com este comentário não parece, mas eu gostei muito do livro e aprendi imenso de história, de línguas bantus, da hipocrisia que é aquilo a que chamamos Descobrimentos, que mais se deveria ter chamado "Tráfico Negreiro e explorações várias", mas pronto, foi outro golpe de marketing. Voltando ao livro, gosto muito de como Agualusa conta histórias e conta História. O próximo tem mesmo de ser Um Estranho em Goa.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Foi um ar que me deu...

Tantas mudanças que eu estou a tentar implementar nesta vida pós-coiso que se calhar também valia a pena dar uma mão de tinta aqui. Se calhar daqui a uns tempos canso-me e volta tudo ao sítio, mas for the time being acho que ficou bonitinho!

Assombrações

As sombras não nos fazem companhia!


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Conciliação

É muito bonito pensar que há sempre lugar para mais um, mas na vida real é preciso dar um murro na mesa, partir o gelo e dizer que não, que não dá, porque ao tentar esticar a manta por todos os lados, alguém vai dormir destapado.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Organização

Estava aqui à procura de uma coisa e dei com este post. Hoje foi o último dia de trabalho do tal colega italiano, que na verdade é o meu supervisor. Dois anos passados e eu a braços com as minhas marcações na América do Sul (pedindo-lhe dicas, uma vez que ele lá esteve no final do ano passado) e ele com um ano sabático e uma viagem para Taiwan pela frente. (No espaço destes dois anos, ele ainda esteve na China, num percurso de cidades centro e leste dos EUA+Canadá e na Argentina e Chile). Não tenho porque lhe invejar
a sorte (pois os meus destinos também foram mais que muitos), antes pelo contrário, gosto ter pessoas destas nos meus círculos porque a gente acaba por se rever nos nossos pares e fazer com que estas coisas, extravagâncias para outros, sejam parte do nosso quotidiano.

Business

Nunca tinha sido alvo de proposta de trabalho através do linkedin até ontem.
Nunca me tinha ocorrido procurar (encontrar/encetar contacto com) uma pessoa através do linkedin até hoje.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Eles são muito simpáticos

Foi o que o meu pai me disse em relação a dois amigos meus que passaram lá por casa (Lisboa) para ir buscar umas coisas minhas. Foi a primeira vez que ouvi o meu pai a caracterizar de "simpático" qualquer homem, quanto mais dois logo de uma vez. Não me lembro de alguma vez ter ouvido o meu pai chamar de simpático a namorados meus que tenha conhecido. A única coisa que me ocorre que o meu pai pudesse chamar a qualquer homem num raio de 2,5km que se aproximasse de mim ou da minha irmã era "aquele macaco" (independentemente do tamanho, cor ou feitio).
Estes meus amigos são um casal... acho que faz toda a diferença!

domingo, 16 de agosto de 2015

sábado, 15 de agosto de 2015

Dia 15

Na minha vida nova, aquela com aulas de russo, tango em Buenos Aires, braçadas no Danúbio e mais umas quantas coisas, também estava previsto desinchar. Desinchar talvez seja mais correcto do que emagrecer, pois sentia-me essencialmente balofa. Claro que se o desinchamento levasse consigo meia dúzia de quilos seria perfeito! Bom, a minha irmã enviou-me o livro da dieta dos 31 dias da Ágata Roquette. Eu achei um escândalo! Então para que é que ela foi fazer uma coisa destas? O certo é que com o livro apercebi-me que baseava a minha alimentação naquilo que ela sugeria reduzir: hidratos de carbono. Eu desde que vivo na Áustria praticamente deixei de comer carne e peixe, dando preferência a vegetais, arroz, couscous, massa, pão, etc.
Bom, achei que dia 1 de Agosto seria um bom dia para começar e estive 2 semanas sem meter um grama de hidratos de carbono na boca nem açúcares (fruta inclusive). 
1ª surpresa: custou-me muito menos do que imaginava. 
Nem me lembrei do quanto adoro de batatas fritas! Foi uma sorte estar um calor impossível e nessa medida comer de bom grado saladas e afins e beber litros de água todos os dias. 
Por outro lado, como não estou habituada a comer tanta carne, já estou um bocadito cansada e tenho de ver se arranjo formas novas de a cozinhar.
Nunca senti fome e a única vez que me senti um bocadito cansada/fraca foi ao 3º dia.
2ª surpresa: comecei a sentir-me mais leve! Achei que estava influenciada pelo que o livro dizia e então via-me mais magra/desinchada - só por sugestão ou vá uma espécie de anorexia ao contrário. Mas a grande animação foi ver que ao fim de 15 dias reduzi em média: 2-3 cm (não sei o peso porque não tenho balança em casa)!!! Isto é maravilhoso :) e eu estou radiante! 
Hoje começo a segunda fase da dieta, onde se introduz alguns hidratos e fruta.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Mudança de planos

Foi o meu querido amigo Senador que, há muitos anos, me chamou para a existência do Chile no mapa mundo. Ele tinha uma ideia fabulosa: se ganhasse o euromilhões, iríamos atravessar o Chile de cima abaixo - o cumprimento do país movia-lhe o fascínio e a curiosidade. Já eu, sou uma fácil e aceitei na hora, sabendo lá bem onde ficava o Chile.
Há umas semanas, o Chile cruzou-se no meu horizonte e eu senti necessidade de praticamente me desculpar ao Senador pela probabilidade de lá ir parar.
Acabei de fazer a reserva. Desculpa, Senador!

Família Aveiro

A minha irmã a falar comigo:
- Tu a falares pareces o Cristiano Ronaldo, não, espera, pareces a mãe do Cristiano Ronaldo!!!

(Será que adoptei o sotaque madeirense sem querer?)

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Opções

Entre praia de nudistas e praia repleta de carrinhos de bebés (e respectivos donos) não há sombra de dúvida!

terça-feira, 11 de agosto de 2015

E uma pessoa nunca se aborrece...

- Às 8 da manhã, a campainha tocou freneticamente como se possuída, eu assustei-me (claro) e fui ver com a certeza que era engano. Era... ou foi por mais 10 minutos até a campainha voltar a tocar estridentemente e eu ter de abrir a porta ao carteiro (giro, giro com quem tinha falado ontem toda arranjada com saltos e tudo) em pijama (com um decote fundo - Que vergonha!
). Ele desfez-se em desculpas, mas entregou-me estes cobiçadíssimos YSL... (é a última aquisição da sequência "compulsão a comprar óculos escuros")

- Às 16h, recebi um email do meu contabilista a dizer que não sei o quê de uma redução tributária qualquer (esta foi a parte que eu não percebi bem) e que tenho a receber dinheiro dos impostos! Eu tenho sempre a ideia que pago impostos por mim e por mais 10 pessoas: houve umas 4 que me devolveram a sua parte!

- Às 19h, o Unicórnio resolveu dar o ar da sua graça. E eu? Cordial, como sempre, recebi-o em cima do meu salto com 4 pedras na mão.

domingo, 9 de agosto de 2015

By the way

Um centímetro e meio da minha barriga desapareceu ao longo desta semana. Mais resultados, comentários e observações acerca da minha dieta para a semana!

Números rectos e frios

A vantagem de levar uma vida singular é que assim não há plurais alheios a apanharem-nos na curva!

sábado, 8 de agosto de 2015

Mais russo...

A velocidade com que estamos a aprender russo é impressionante... ontem foi o alfabeto, hoje foram dezenas de palavras, pronomes pessoais, mais duas conjugações de verbos e mais o acusativo dos nomes... devia ter vindo para casa a correr para fazer os mil tpcs que tinha... acabei na praia a dar as braçadas dos justos num Danúbio maravilhoso. Estavam uns 36ºC que sabiam a 42ºC!

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Já comecei a aprender russo

mas estou tão cansada que só quero tomar um banho e ir dormir, que a estas belas horas ainda estão 27ºC...

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Fui tratar dos meus impostos

As minhas dúvidas foram esclarecidas em três tempos, mas o surpreendente foi o meu contabilista me dar dicas para a viagem à Argentina e ainda me dizer que também vai fazer uma viagem à volta do mundo em 2019!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Replay

Quando há dois anos falei-vos aqui desta preciosidade de tango electrónico, achei que iriam fazer um favor aos vossos ouvidos... Esta Zitarosa é especial demais para se ouvir em qualquer momento e a fazer qualquer coisa ao mesmo tempo, por isso, permitam-me que me corrija, façam um favor a todos os vossos sentidos! Eu pelo menos a ouvir isto contorço-me toda, pois vivencio - se é que isso é possível - o dedilhar desta guitarra. Que delícia é o que vos digo...
(Ai que eu vou para a Argentina e já não volto...)

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Simply Red

E se os meus anos fossem em vermelho?

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Gosto muito do Eduardo Lourenço

Dos títulos dos seus livros
Do conteúdo dos seus livros
De o ouvir falar
Do que ele diz
E da sua serenidade

Vejam aqui

domingo, 2 de agosto de 2015

Açores

Enquanto o querido leitor ia apreciando os meus pés em chãos, Maria Calíope foi dar uma voltinha aos Açores e que bem que me soube. Nunca tinha ido aos Açores, tinha bastante expectativas, que foram influenciadas pela Lois, achava eu. Na verdade, cheguei à conclusão que tinha substimado São Miguel: pensei que seria uma parvónia dois por quatro e ao fim do segundo dia já teria dados dez voltas à ilha e estaria mais do que saturada. Nada mais errado. Não consegui ver a ilha toda e não me aborreci nem por um minuto. Os Açores encheram-me as medidas por ser tão ricos e variados, houve sol e chuva, praia e montanha, carne e peixe... como é que eu me poderia fartar? Adorei a comida (aquela morcela é de chorar por mais) e as pessoas uma simpatia que só visto. O sotaque é fascinante e compreensível. Não é obviamente um sítio para eu viver, mas para umas férias está mais do que aprovado!
 Uma árvore gigantesca (comparem a pessoinha ali do lado direito) no Jardim Botânico.

Uma espécie de anfiteatro moderno nas Portas do Mar em Ponta Delgada


 A Igreja de S. José


Deve ser a Lagoa das Setes Cidades


E a Lagoa do Fogo

A fantástica Poça de Dona Beija



 Mais umas florzitas

E a plantação de chá Gorreana





O Ilhéu


E as lapas grelhadas

sábado, 1 de agosto de 2015

O primeiro dia

Regressada de férias mas ainda em modo "new me" de concretizar planos para a minha nova vida pós-tese, comecei hoje a fazer uma dieta. Acho que já não fazia dietas há uns 20 anos. No caso não se trata de estar a explodir gordura por todos os poros, mas gostava mesmo de perder aquela boia que se instalou à minha volta. Comprei uma fita métrica e tudo. Daqui a um mês volto a abordar o tema.

IRS

A animação que é acumular, revirar papelada, seleccionar, classificar contas, continhas, recibos e facturas para o IRS... isso tudo e mais uma tabela colorida em excel desenvolvida por mim mesma! Só não é a loucura da sexta-feira à noite, pois a dita já terminou e a mim ainda me falta registar "material de escritório", "literatura específica" e desencantar mais uns papéis que devem estar algures pela casa...