quinta-feira, 24 de abril de 2014

"Viájá sozinho é umá merrrdá"

"Não, de todo!" foi a minha resposta.

Nos últimos anos tenho desenvolvido técnicas inacreditáveis para tira fotos de férias que vão além de mim com um braço esticado. A mais recente inovação é aproveitar o chinelo para servir de base. (O temporizador é já um velho conhecido meu). Preparo a máquina e é ver-me a correr para estar numa posição perfeitamente normal/casual/artística e correr de volta para ver a foto e garantir que ninguém pega na máquina antes de mim. Parece só parvo, mas consigo tirar fotos tão engraçadas que me rio e divirto com este processo. Hoje foram várias as pessoas que ao verem-me nestas corridas se ofereceram para tirar a própria foto (irónico é as minhas fotos ficarem melhor do que as com fotógrafo) e houve um "cara" que me abordou com a frase do título.

Realmente nestes dias já me tinha ocorrido a sorte que é poder fazer TUDO o que eu quero COMO eu quero: sem cedências, nem compromissos, sem fretes nem sapos engolidos. Com o passar do tempo não me estou a tornar numa melhor pessoa, mas certamente estarei muito mais determinada e convencida das minhas próprias vontades. É um luxo cada vez mais raro poder viajar em boa companhia (= à minha medida), mas viajar sozinho tem os seus encantos e parece-me que só se aborrece sozinho quem é chato por natureza e não se aguenta a si próprio.

Jericoacoara, 23 de Abril às 23:42

3 comentários:

Ana A. disse...

Sabes que concordo com isso em absoluto?

Dulce Pereira disse...

E quero ver esssas fotos maravilha!!! E dessa praia paradisíaca!!! :) bjs

Calíope disse...

Ana: Não sabia mas poderia imaginar :)

Dulce: Já sabes que as minhas fotos demoram sempre a ser "reveladas". Quando chegar à casa de partida, logo publicarei algumas.