quarta-feira, 23 de abril de 2014

Ramalhete

Maria Calíope banhava-se nas cálidas águas da praia de Jericoacoara sem vontade nenhuma de sair para ir almoçar. Sol a brilhar, ondulação qb e muitas braçadas. Poderia ter lá ficado dias assim. No entanto, saiu e seguiu um cartaz que dizia "Open air cinema". Que sorte ser amanhã e ser um dos filmes candidatos ao Óscar de Melhor Filme que não tinha visto. É gratuito e ainda dão pipocas. A caminho do hotel, Maria Calíope rememorava prazeirosamente a hora que ficou de molho e a casualidade do cinema a céu aberto, pensando que não poderia pedir mais nada para completar o ramalhete. De repente, a música que se fazia sentir soou-lhe familiarmente agradável. Mais três passos e identificou-a: tango! Gotan Project. Ramalhete completo sem eu ter pedido nada. Há dias de sorte.

Jericoacoara, 22 de Abril às 23:59

6 comentários:

Ana A. disse...

Só me apetece insultar-te!!!

Caetana disse...

Repito, quase a explodir de inveja: não prestas!!!!! :p

Calíope disse...

Oh suas invejosas ;) :p podiam ter-se limiitado a nutrir inveja para dentro sem lançar um olho gordo. Hoje fartou-se de chover (daquelas chuvas tropicais) e no cinema não passaram o Gravity, mas uma outra pessegada qualque da Sandra Bullock.
Mas mesmo com chuva deu para aproveitar :)

Lois Lane disse...

Estamos mesmo todas roídas de inveja! Ainda por cima hoje apanhei uma molha a caminho ao escritório!! Nem um sol há para beber uma mini na esplanada!

Dulce Pereira disse...

Está de chuva por cá!!! Minha lagartixa!!!

Calíope disse...

Lois: Não fiquem... vocês têm por norma uns mil dias de sol por ano, eu não.

Dulce: Lagartixa?!!!