terça-feira, 31 de março de 2009

Interculturas


Há algumas semanas que me tenho deliciado com a escrita de Mia Couto. As letras e as palavras são meticulosamente cosidas por ele e não têm como não causar agradáveis surpresas. Uma das expressões que me fez ficar maravilhada a olhar para ela como se o resto da história já não interessasse foi 'as missangas líquidas' que rolavam pela cara de alguém.

Imagem retirada de http://www.comocriarbijuterias.com/2009_02_01_archive.html



E hoje qual não é o meu espanto quando ao assistir o Slumdog Millionnaire fui contemplada com dezenas dessas missangas...

Andava há tempos a pensar em como utilizar a fabulosa metáfora, mas nunca me ocorreu que fosse em causa própria... Realmente, enquanto a vida enrijece e cria carapaças a muitos, parece que a mim me suaviza... ainda não consegui perceber se isto é bom ou é mau... Mas acho que se no fim eles não tivessem ficado juntos teria aqui missangas suficientes para um colar de 5 voltas...

domingo, 29 de março de 2009

Em cima do salto XII


Sem fracassos não há base para sucessos e vitórias sem riscos não têm glória.
(Augusto Nery)


Elena Feliciano, Bird of Paradise floral stiletto

segunda-feira, 23 de março de 2009

Modelito cultural

Eis o iceberg que vive em todos nós :)

quarta-feira, 18 de março de 2009

Latitudes


A pele pode ir ficando fria com tanto tempo aqui, mas a temperatura do coração não desce nunca e mantém o sol lá do sul!

Definição

Vieira da Silva, Biblioteca


Qualquer que seja o movimento onde ela se insere, a pintura não passa da combinação de linhas e cor, articulando razão e sentimento nas proporções em que o artista quer, tem ou lhe falta.

O lado social da arte

Luiz Martins, Série de Troncos


De há uns tempos para cá resolvi limar e polir as minhas perspectivas artísticas, já que a veia parece inexistente. Horizontes novos e mais amplos parecem-me tão essenciais como ar puro por isso se não os abrirmos, eles não se abrirão por si.

Hoje tive a possibilidade de participar num serão com um artista plástico. E é como estar a ver o outro lado do espelho. Vendo a pessoa, ouvindo as suas histórias, motivações e perspectivas e tendo a possibilidade de dialogar com o próprio artesão que insiste que a sua profissão não é a de artista, a arte ganha com certeza uma nova dimensão.

No fim, até ganhei uma aguarela da minha colecção preferida do autor :)

segunda-feira, 16 de março de 2009

A minha veia cool está explicada!

Depois de ver que algumas das donas de blogues-amigos eram a Abelha Maia, não resisti a ver quem eu era... (era isso ou ir preparar aulas e eu obviamente optei pelo acto de auto-análise profundamente introspectiva)

E surprise, surprise! Eu sou o Snoopy!!!


domingo, 8 de março de 2009

Sinais dos tempos!


Quando as festas de anos passam dos lanches para os jantares e dos jantares para as noitadas há um claro indicador que a seta vai em sentido ascendente.... Agora, quando se tem de acordar antes das 9 da manhã a um domingo para ir a uma festa de anos há qualquer coisa que não está a bater certo.


Confesso que foi a primeira festa de anos a que fui no formato brunch. Sim, muito giro... um sítio óptimo, a comida boa e tal. Mas assim que lá cheguei e me apercebi que talvez 20% dos 45 convidados teriam menos de 7 anos... ficou mais do que claro por que é que a festa não decorreu na noite de ontem.


Para mal dos meus pecados tive direito a ficar sentada à frente a uma grávida a sete semanas de dar à luz e ao lado de uma outra amiga que contava encantadamente o milagre da vida no caso de bebés sêxtuplos...
Ontem num outro brunch já tinha sido brindada com conversa de fraldas, biberons e horas de sono...

Aaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Socorro! Tirem-me deste filme....

quinta-feira, 5 de março de 2009

Prendas para quem merece!


Não se trata de merecer, mas de poder transformar a "prenda" em qualquer coisa útil. Dar educação, saúde e comida não deveria ser uma prenda, mas sim um bem adquirido, mas como infelizmente nem todos são assim tão previligiados, há mangas que podem ser arregaçadas.
O meu mundo melhor começa no dia que fizer a primeira transferência! Não se colhem searas fartas sem se plantar primeiro a semente!

domingo, 1 de março de 2009

Março ataca!


E se de repente alguém vos batesse à porta a perguntar se não gostariam de ler alguns jornais de imprensa estrangeira e vo-los-estendessem à frente?








Peter O'Toole (1963)

Mergulhos bijoulógicos!

Já depois de ter posto um ponto de ordem cá no burgo e ter EFECTIVAMENTE estudado, apercebi-me, completamente sem querer, de que tenho um novo hobby! Trabalhos manuais na variante: criação de bijouteria.

Primeiro, dei um pouco de ordem à minha matéria-prima:

E depois mãos à obra...

Eis a primeira amostra da colecção Primavera/Verão :)